Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Tipos de "DOR"


Para entendermos os diversos tipos de dores e necessário que saibamos o que e dor. Dor é: 1. experiência emocional e sensorial desagradável associada a lesões reais ou potenciais.2. sensação em que uma pessoa experimenta desconforto,angústia, ou sofrimento, devido à provocação dos nervos sensitivos.

Dor aguada: tipo de sensação dolorosa, descrita diversamente pelos pacientes como abrupta, rápida, fulgurante, em pontadas, ou em facadas. Para a maioria dos atleta que apresentam esse tipo de dor, os sintomas e como uma fisgada, como por exemplo na virilha, na coxa, no joelho, no peito do pé. "São dores rápidas".

Dor articular:  é o mesmo que artralgia; pode afetar uma unica articulação como várias ao mesmo tempo. Um exemplo e de artitre reumatóide,osteorartrite, etc, como vimos em alguma postagem anterior.

Dor crônica : tipo de dor contínua,angustiante, nauseante etc. Está quase sempre associada a uma distribuição de tecidos internos, sendo transmitida por fibras do tipo C, amielíticas, com velocidade de 0,5 a 2 m/s. São dores que permanece mesmo depois de um tempo.

Dor fantasma: sensação de cãibra, constrição, dor penetrante ou dor ardente, no membro que não mais existe devido uma amputação. A dor e localizada ou difusa, podendo diminuir com o tempo, ou converte-se em estado permanente e frequentemente incapacitante.

Dor lenta, dor crônica, em queimação, perturbadora : sinais de dor transmitido por fibras C desmielizadas e de lenta condução, e centralmente através do sistema ântero-lateral ( trato paleospinotalâmico).

Dor muscular tardia :  percepção de dor muscular associada com aos  produtos metabólicos finais e costuma desaparecer ainda durante a seção de exercícios é que também ocorre de 24 a 48 horas depois do treino. A dor  pode ser devida a resposta inflamatória ao dano. mesmo com um bom aquecimento e alongamento antes do início do treino e normal sentir essa  dor tardia, muitas vezes devido a carga do treino, relacionado ao esforço que se faz. 

Dor referida: dor projetada em uma região densamente inervada (pele) a distância, normalmente mais superficial do que o órgão de origem que provoca aumento do estímulo nociceptivo. A dor referida é diferente da dor radicular, pois não necessariamente acompanha a distribuição nervosa periférica. 

Dor talâmica : sensação contínua e desagradável no lado hemiplégico.

Dorsalgia : do na região dorsal. 

3 comentários:

  1. Que isso nem imaginava que existia tanta dor hein...

    ResponderExcluir
  2. Existem diversas formas de dores e definições, essas ainda são só algumas. ^^

    ResponderExcluir